Rollemberg anuncia Eduardo Brandão como vice da chapa ao Buriti

Rollemberg anuncia Eduardo Brandão como vice da chapa ao Buriti

O PV foi o primeiro partido a declarar apoio a Rodrigo Rollemberg neste ano. Outro reforço importante para a campanha foi a coligação com a Rede

01/08/2018 - 02:15 hs
Foto: Carlos Vieira / CB/D.A Press
Rollemberg anuncia Eduardo Brandão como vice da chapa ao Buriti
Durante a Convenção do PV, Rollemberg convidou Eduardo Brandão para compor a chapa ao Buriti

Durante a convenção do Partido Verde (PV), o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou o presidente do PV no DF, Eduardo Brandão, como pré-candidato a vice-governador para as eleições de outubro. Aproximadamente 300 pessoas acompanharam a cerimônia, que ocorreu na noite desta terça-feira, no auditório do IEL, no Setor Comercial Norte. 

“É muito importante que, respeitando a singularidade de cada partido, que estejamos unidos em defesa por Brasília. Aqui estão as pessoas de bem que querem servir a essa cidade e não se servir da nossa cidade. Quero aqui, neste momento, fazer um convite ao PV indicando Eduardo Brandão para a minha chapa como vice-governador. Faço isso em reconhecimento à lealdade, que não tem preço na política. Nossos acordos têm valores éticos, de cidadania, de gente que quer o melhor para nossa cidade”, declarou Rollemberg.

Engenheiro civil e empresário, Eduardo Brandão tem um extenso histórico político, uma vez que milita há 27 anos. Além de liderar a legenda no DF, ele é Vice-Presidente Nacional do Partido Verde. "Nós não somos um partido grande, mas temos bandeiras, causas, verdade, coração e alma. Vamos com força. Quero desejar uma linda campanha: propositiva, com força, com raça, porque a gente sabe que tem a verdade no coração", discursou Brandão. 

Brandão chegou a disputar o Palácio do Buriti em 2010, mas acabou derrotado por Agnelo Queiroz (PT). No segundo turno, a sigla aliou-se ao petista, que saiu vencedor, com 875.612 votos. Na gestão de Agnelo, Brandão ocupou o cargo de Secretário de Meio Ambiente  e Recursos Hídricos. À frente da Secretaria criou o programa "Brasília, Cidade Parque", para implantação e revitalização dos 73 parques ecológicos do DF. Em 2014, candidatou-se a deputado federal, mas não foi eleito.

"A saída para o Distrito Federal é apoiar aquele que arrumou a casa e vai fazer muito mais. Foi o governador que cuidou das causas mais caras do PV: fechou o maior lixão da América Latina e enfrentou a crise hídrica", afirmou Brandão. 

O PV foi o primeiro partido a declarar apoio a Rodrigo Rollemberg neste ano, garantindo à chapa do socialista cerca de nove segundos a cada um dos dois blocos de 9 minutos de propaganda eleitoral na tevê e no rádio, transmitidos às segundas, quartas e sextas-feiras.

Na quarta-feira (25), Rollemberg recebeu outro reforço importante para a campanha. A Rede confirmou coligação à candidatura de reeleição dele. 

Pré-candidatos

O PV também lança dois candidatos ao legislativo federal. O distrital Professor Israel anunciou oficialmente a candidatura pela legenda. “Hoje, o Partido Verde se lança em uma luta pra defender o que é certo. Nós vamos para o debate mostrar que precisamos ter responsabilidade. É por isso que decidimos caminhar junto ao governador. Nosso partido vai fazer uma eleição linda, que vai marcar nossa cidade. Vamos para a Câmara Federal”. 

Rayssa Tomaz é a outra representação na disputa por uma das cadeiras da Câmara. "Queria agradecer a confiança e reforçar meu compromisso com a legenda e com meus colegas. Eu quero ser dentro da câmera federal um ponto de resistência. Vamos ter mulher e juventude em âmbito federal".

Outros 22 pré candidatos a distritais pelo partido subiram ao palco para poder definir o número de candidatura. O PV pretende ocupar duas cadeiras na Câmara Legislativa.